segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Soneto da Vida

Vida,
Pura sensação de endorfina,
Na constelação divina,
Vale de emoção cristalina,
Junção por união de sintonia,
Oh Deus, quanta emoção jazia,
No berço que meu coração nascia,
Viva a predileção da sinfonia,
Quanta melodia,
Para te dizer que jamais iria,
Segura esta paixão por mais de um dia,
Para viver eterna devoção de ironia,
Já que um dia por ti me apaixonaria,
E nunca imaginaria quão bom seria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário